Quando trocar a água e aditivo do radiador?

Quando trocar a água e aditivo do radiador?

Esta é uma dúvida que pega muitos que não têm experiência com a manutenção do carro. Mas hoje vamos lhe mostrar que este é um ponto mais simples que imagina, contudo precisa de atenção regular.

O radiador é o componente do carro responsável pelo resfriamento do motor, evitando assim que o calor excessivo cause dilatação ou mesmo fusão de partes, juntas, mangueiras ou até mesmo do próprio motor. Sobretudo ele não deve ficar nem totalmente frio, nem totalmente quente, e é aí que o radiador entra para manter esse equilíbrio.

Há radiadores tanto de água quanto de óleo, sobretudo hoje nos focaremos aos de água.

Ele fica, geralmente, na parte frontal do veículo, por onde o ar é compelido quando o veículo está em movimento. Há também uma grande ventoinha que liga automaticamente quando é necessário passar ainda mais ar pelo radiador.

Em linhas gerais, o radiador faz o elo entre carro e ambiente externo permitindo a troca de calor entre eles, de modo que a água que passa pelo radiador percorra partes do motor retirando calor do mesmo.

Ao passar pelo radiador, a água está quente e o calor da mesma é passado para o ar ambiente ficando, então, resfriada novamente. O principal componente do sistema de “resfriamento” do carro é um líquido, que geralmente é água, com ou sem aditivo

Para que serve um aditivo?

Sua função é aumentar o ponto de ebulição da água, assim ela não ferve ao chegar a 100 graus. Isto é benéfico pois os motores muitas vezes trabalham melhor em temperaturas superiores a 100 graus.

Além do mais, bons aditivos possuem detergentes que limpam as partes internas do motor. AO retirar a sujeira podem aparecer vazamentos que antes estavam tampados pelas impurezas.

Mas afinal: quando devo trocar?

Alguns dos casos em que é necessário trocar a água do radiador e o aditivo são:

– Água fervendo: talvez um bom aditivo resolva, mas é melhor levar a um mecânico para verificar;

– Água do radiador baixando: podem existir vazamentos em mangueiras ou em outras partes do sistema. É hermeticamente fechado, logo isto não deveria acontecer.

– Água escura ou muito suja: os aditivos lavam a parte interna do sistema e devem ser trocados para tirar a sujeira de vez em quando.

Por fim, vale lembrar também que ao completar a água do radiador:

– Espere o carro esfriar totalmente antes de abrir a tampa, assim você evita acidentes;

– Com o carro frio, abra a tampa lentamente para aliviar a pressão interna;

 

Para acompanhar mais dicas como essa e ver nossos trabalhos com nossos parceiros curta nossa fanpage no facebook e no instagram.

 

(41) 4063-8879
Quero vender
Fale Conosco
Whatsapp